Na tarde de 29 de janeiro deste ano, um fenômeno curioso – e, para alguns, assustador – deixou o céu de BH com cores fascinantes, diferentes de tudo que já se tinha visto. Sem que houvesse chuva, um enorme arco-iris apareceu e logo eram dois. Registrei algumas imagens. Meu amigo Guilherme Souto também. Elas estão abaixo. As duas primeiras são as minhas, as demais são as que ele me enviou.