Marinha ( Emilio Moura )

Grito teu nome aos ventos.

Olha: há uma revoada marítima.

O horizonte se afasta, há um ritmo largo

de ondas que se espreguiçam.

 

Velas esguias, para onde voam?

Para onde levam?

Amiga, amiga! Ah, dize-me depressa:

Quem grita aos ventos o teu nome?

O mar, ou eu,

O grande mar que o está cantando?

 

Image

Anúncios